Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Uma janela de 100 anos sobre a ciência contemporânea - O primado da razão

Faz este mês exatamente um século que Albert Einstein publicou o artigo com um pormenor decisivo para a validade da teoria geral da relatividade (publicada em 2015): a previsão de ondas gravitacionais na base desta teoria. Daí o relevo que a comunicação social, em fevereiro passado, deu à interpretação de uma certa medição como sendo a deteção de ondas gravitacionais. Além do justo alvoroço nos meios estritos da física, esse processo parece-me revelador do que são em geral as ciências modernas e contemporâneas. Desde logo, sobre quão estas últimas têm vindo a afastar-se da observação espontânea do mundo natural e das relações sociais, e a privilegiar o exercício da razão. Um tempo vs. muitos tempos Einstein foi exemplo disso já com a teoria restrita da relatividade, em 1905, face a um problema com as medições da velocidade da luz – Pelo menos desde o best-seller Breve História do Tempo, de Stephen W. Hawking (1988), não faltam ao leitor apresentações avalizadas desse momento da história …